• Dicas e tutorias
  • Reviews de produtos
  • Dicionário de Cosmetologia
  • Notícias da área de cosmetologia e estética

BB Glow quais são os riscos e benefícios?

Postado em 25/04/2019 20:48 por Jaque

Curta e compartilhe! :)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

BB Glow quais são os riscos e benefícios?- Dicas da Jaque

 

BB Glow é uma técnica coreana que está conquistando o mundo. Chegou com força total aqui no Brasil. Você já desejou acordar com a pele como se estive maquiada? Essa é a proposta da técnica coreana. Hoje vamos falar sobre BB Glow riscos e benefícios, confira!

 

O que é BB Glow?

Primeiramente esse é um procedimento que promete ser um  BB Cream semi permanente. A técnica consiste na aplicação do aparelho DermaPen (microagulhamento) em conjunto com soros que contam com mais de 40 ativos enriquecidos em vitaminas e pigmentos que imitam a cor da pele. O objetivo é introduzir pigmentos na pele através do microagulhamento de maneira superficial. Nesse tratamento é indicado realizar de 3 a 6 sessões a cada 15 dias para obter o efeito desejado. Depois de finalizado ele tem duração de 1 ano em média.

 

Quais os benefícios?

  • Rejuvenescimento facial
  • Hidratação
  • Diminuição dos poros
  • Amenização das olheiras
  • Disfarça todos os tipos de  manchas na pele
  • Efeito pele de pêssego

 

Confira também: Alongamento de cílios pode fazê-los cair?

Princípios ativos que chamaram minha atenção

  • óleo mineral (petrolato) : substância essa que a indústria de cosméticos vem deixando de lado. É comedogênico e geralmente associado a alergias.
  • Dióxido de titânio (Cl 77891): foi associado a granulomas.
  • Dimeticona: também associado a granulomas.
  • Óxido amarelo de ferro (CI 77492): pode escurecer e causar queimadura na pele caso seja exposto a ressonância magnética.
  • Fragrância: amplamente associada a irritações.
  • Óxido vermelho de ferro (CI 77491): pode escurecer e causar queimadura na pele caso seja exposto a ressonância magnética.

 

Meu alerta como cosmetóloga

A primeira vez que vi a notícia sobre o BB Glow fiquei muito empolgada, a ideia me pareceu genial. Logo fui atrás de todas as informações possíveis sobre a técnica. Depois de analisar a fórmula dos produtos e como o procedimento é feito, entretanto não me pareceu algo promissor. Em conclusão o procedimento ainda não foi aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration) que é um órgão do governo dos Estados Unidos que controla os alimentos e medicamentos, através de diversos testes e pesquisas. E também não possuí Anvisa!

Entre minhas pesquisas encontrei um artigo do doutor Lance Setterfield um médico que possuí vasta experiência com a pele e foi um dos precursores do microagulhamento. Nesse artigo o doutor expõe que apesar da técnica parecer superficial, caso nossa epiderme (camada superficial da pele) se sinta ameaçada pode gerar uma resposta imunológica.

 

Jaque se a micropigmentação é considerada segura, porque com o BB Glow seria diferente?

Em primeiro lugar na micropigmentação o pigmento é depositado em um lugar menor e o procedimento é feito de 1 a 2 vezes. Após isso ela vai durar por anos. Além disso a quantidade de substâncias que contém nos produtos usados é baixa.

Já o BB Glow é feito em todo o rosto, uma região bem maior, e a aplicação é feita a cada poucos meses. E nos produtos utilizados contém mais de 40 ingredientes diferentes. Então você expõe sua pele a ingredientes não degradáveis constantemente, que ao longo prazo se acumulam e podem gerar uma resposta imune.

 

BB Glow e sua duração

O que gera ainda mais dúvidas é a duração de 1 ano. Se a técnica é superficial e fica na epiderme, como isso acontece se a pele se renova a cada 28 dias? Ao longo prazo com a  renovação contante a pele voltará a sua cor original? Mas essa é uma resposta que só será respondida daqui um tempo, pois colorimetria é um assunto complexo!

 

Riscos

Grande parte dos riscos é pela presença de diversos ingredientes embutidos. Podem acontecer complicações como hiperpigmentação pós inflamatória (mancha), cicatrizes, infecção, dermatite de contato, reações alérgicas, granuloma entre outras complicações.

Em conclusão quero deixar meu conselho: se você tem vontade de fazer um procedimento novo, pesquise para saber como funciona. Eu particularmente, não gosto de me arriscar com algumas novidades, pois não sabemos como nosso organismo vai reagir a longo prazo. Espero que essa matéria tenha ajudado a esclarecer algumas dúvidas. Beijos e até a próxima!

 

Essa matéria foi baseada no artigo do Dr Lance Setterfield. Se você quiser pesquisar mais afundo sobre BB Glow riscos e benefícios  acesse: BB Glow& Microneedling- Risks & Benefits


Curta e compartilhe! :)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Sugestões?
Entre em contato através do e-mail e me conta sobre qual tema você gostaria de ver por aqui. E não deixe de assinar a newsletter e ficar por dentro de todas as novidades do blog!

Comentários:

Atenção: Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade do usuário(a). Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.